Não deixe seu negócio falir nesta crise de 2020!

Com recentes problemas que temos passado durante os últimos dias no Brasil e no mundo, com o Covid-19, medidas como isolamento social, quarentena, dentre outros estão sendo cada vez mais comuns pelo mundo afora, porém, ainda sentimos o impacto tanto no sistema de saúde, quanto na economia do mundo.

Como é de conhecimento geral de que o novo Corona vírus é de fácil contagio, medidas para achatar a curva de contaminação, como isolamento social e quarentena, estão sendo tomadas por governos ao redor do globo, visando a diminuição de pessoas circulando nas ruas, isso inclui fechamentos de escolas e medidas como home office para conter o contágio do vírus, uma vez que prevenções imunológicas e farmacêuticas ainda não tem data para chegar. 


E o que isso tem a nos dizer?

Isso tem a nos dizer que as medidas que tomamos agora com o Corona vírus são de média duração uma vez que ainda não temos meios de combatê-lo diretamente e temos a possibilidade de novas ondas de contaminação em massa.

 

Ou seja, até termos um meio de tratar o vírus isolamentos totais ou parciais devem ser mantidos para que novas ondas curvas de contágio pelo Covid-19 não se repitam.

O que devo fazer para não ir à falência?

Já sabemos que medidas de isolamento, quarentena e home office, não tem data para ir embora, logo, é dever do  empreendedor e gestor elaborar um plano de ação para saber como agir, visando proteger seu empreendimento e, principalmente,seu time de colaboradores em meio a pandemia. 

O primeiro passo é aceitar que as rotinas mudaram e começar a encaixar os meios antigos nos novos,
então avalie qual a sua real situação atual.

 

Comece revendo seus contratos e projetos, seja de recebimento, de pagamentos, reveja todos eles e
avalie cada um.

 

 

Agora dívida seus
planos de ação em duas pilhas:

1) Contratos de Negócios que geram receitas

O grande objetivo é aqui garantir que a receita já contratada seja contemplada, afinal os empreenderes prestadores de serviço não foram os únicos afetados pelo Covid-19, os seus clientes também foram impactados e estão tomando medidas, como corte de gastos, para se manterem funcionando.

 

Logo é de extrema importância elaborar um plano de ação para reter esse cliente para não perder receita e fluxo de caixa.
 

Temos que ser parceiros dos contratos para gerar empatia e manter o cliente. Por isso podemos tentar essas soluções:

 

  • Oferecer condições diferenciadas de pagamento, como parcelamento, para não suspender os contratos e seguir com os recebimentos.
 
  • Oferecer serviços extras, promoções, com custo baixo para reter o contrato e ganhar dinheiro de outras formas além da principal. (adicionar consultorias, serviços online, dentre outros podem ser a solução).
 
  • Adiantar pagamentos com algum desconto, assim mantemos o caixa, mantemos o contrato e garantimos o serviço.

2) Contratos que geram despesas

Assim como você tem seus clientes, você também é cliente de algumas empresas, então avalie seus
contratos com fornecedores e busque renegociar valores e prazos.

 

Comece com seus fornecedores com maiores margens, uma vez que eles normalmente possuem maior flexibilidade para negociação.

Priorize contratos de maior valor, e/ou que estão mais próximos, visto que eles gerarão maior impacto no seu fluxo de caixa.

Lembre-se de que assim como você seus clientes e fornecedores também estão passando por um momento complicado devido a pandemia de Corona Vírus e correm o risco de quebrar.

 

Blinde seu negócio para vencer mais uma crise!

Jornais e revistas estão a todos momentos nos atualizando sobre as notícias relacionadas ao Covid-19, porém essas informações mudam com uma frequência absurda e somos bombardeados com constantes atualizações.

 

Logo não sabemos se a crise durará alguns dias, semanas, ou meses e não sabemos se devemos proteger a receita prevendo uma queda de algo entre 10% e 20% ou 25% nesse momento. 


Por isso devemos ativar o modo crise e rodar da forma mais cautelosa possível. Passe a imaginar que as medidas de isolamento social e quarentena iram durar vários meses, (algo entorno de 3 ou 4 meses) e que suas receitas terão um impacto de 50%.

Seu planejamento deve ter como objetivo a sua sobrevivência e relevância nos cenários mais extremos.

 


Dica importante: deixe sempre a sua sala de gestão de crises (War Room) destrancada, com a porta aberta e escale um time campeão para eventuais necessidades.   

Se proteja e proteja seu negócio

Lavar as mãos é extremamente importante para evitar contaminação, conscientizar seus funcionários também e proteger o seu caixa é essencial.

Já falamos da importância de separar seus contratos em duas pilhas: pilha 1 que gera receita, pilha 2 que gera despesa, também já falamos para prever os piores cenários possíveis com isolamento de 3 a 4 meses e redução de caixa de 50 a 100%, além de manter sua war room sempre aberta e pronta para funcionar com um time bem relacionado e  pronto para atender ao chamado.

 

 

Segundo um estudo da JP Morgan as empresas, em sua maioria, dispõem de uma folga no caixa para um único mês de crise. Levando em conta que você dificilmente conseguirá zerar seus custos, você precisa encontrar uma forma de ficar mais do que 1 mês sem gerar receita, sem quebrar.

Como devo agir agora?

Com o desenvolvimento da Hiper Automação, não somente as máquinas estão sendo utilizadas para melhorar o mundo, mas também estão cada vez mais expostas para as pessoas, o que trás um risco envolvido para o fato desta tecnologia avançada cair em mãos erradas. Pensando nesses possíveis riscos, líderes de segurança e risco se concentrem em três áreas: proteção de sistemas de Inteligência Artificial, aprimoramento da Inteligência Artificial em termos de segurança e uso da Inteligência Artificial por cibercriminosos.

Primeiro: devemos definir um valor mínimo que você precisa ter em caixa, e mantenha esse valor cuidando para nunca ficar abaixo dele.

Segundo: devemos antecipar nossos recebíveis, avaliando todos os recebíveis que o seu negócio possuí, seja em termos de contratos, ou recebíveis de cartão de crédito, vai dar possibilitar dar uma respirada.

Terceiro: Atue com o seu time, eles também são parte importante da sua estratégia, por isso adote algumas ações para/com eles.

Home Office, renegociação de salários, férias, e suspensão de contratos, podem ser algumas saídas.

Se você é um gestor de negócios ou possui um negócio próprio, baixe grátis nosso Plano de Ação e descubra como esta crise pode impactar seu negócio e como superá-la.

Baixe nosso Plano de Ação e descubra como minimizar os impactos desta crise!

Uma Venture Builder voltada para a criação e Investimentos em startups.



Fique atento aos novos posts e saiba mais sobre o mundo das inovações

Atenciosamente

EconoInvest Tech.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

O que você procura?

Posts por Categoria

Fique por dentro do Mundo dos Negócios

Se inscreva em nossa newsletter para receber notícias, dicas e artigos para você melhorar seus resultados.

Qual Seu Perfil de Investidor?

Para se investir bem, diversas questões devem ser postas sobre a mesa. Sendo elas tempo, estratégia, conhecimento e demais assuntos, pois não basta ter em

Leia mais »