Descubra Como Transformar a sua Empresa em uma Franquia

A cada ano aumenta o número de empresários que buscam expandir suas empresas através do sistema de franquias. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o mercado de franquias teve aumento de 6,4% no faturamento no primeiro semestre de 2019.

O franchising se torna cada vez mais atrativo para aqueles que querem expandir seus negócios sem a necessidade de usar investimento de capital próprio ou proibitivos empréstimos bancários, pois como o investimento é dividido entre os franqueados, os riscos também são diluídos junto deles.

Se você faz parte desta parcela de empresários que gostaria de expandir seu negócio utilizando o modelo franchising, estamos aqui para te ajudar!

Confira abaixo nossas dicas sobre Como Transformar a sua Empresa em uma Franquia.

Vantagens

A maior delas sem dúvida é a divisão de responsabilidades, em todas as áreas seja em administração, gestão, finanças e afins, neste sistema você possui diversos profissionais encarregados de diferentes cargos que até então, você estaria responsável.

Isso se relaciona também no investimento que será disponibilizado, ou seja, você não terá que arcar com todos os custos pois terá auxílio dos franqueados. E claro, você irá recompensá-lo com anos de bagagem no mercado, expondo suas experiências e reduzindo o tempo de aprendizado sobre seu negócio.

Desvantagens

As desvantagens de se abrir uma franquia normalmente não surgem pelo método e sim sobre como ele é aplicado. Podemos dizer que se você falhar nos passos, agir com imprudência e deixar se levar pelo desejo de montar um novo negócio sem ter um planejamento antes envolvido, certamente as chances de erro são grandes.

Mas nada que com treino, planejamento, foco e ações certas não cuidarão para vingar seu processo. Por isso é importante entender o que significa, como deve prosseguir e se planejar antes de fato, resolver expandir sua empresa para uma franquia.

1 - Situação legal da sua empresa

É comum que todo bem que resolvemos passar adiante para outra pessoa, seja nosso carro, apartamentos e outros afins, precisamos vistoriar sua situação legal para que não cause problemas futuros para o novo proprietário e consequentemente para você. Não seria diferente neste caso.

Certifique-se de averiguar todas as questões legais da sua empresa e caso tenha algum problema, procure solucionar, caso contrário, certifique-se de deixar esta parte esclarecida com o franqueado.

Além disso, você precisará ter sua marca registrada no INPI ( Instituto Nacional da Propriedade Industrial), somente obtendo este registro que você poderá ser um franqueador e passar sua marca adiante.

2 - Planejamento para investimento e taxas

Quando as questões legais estiverem resolvidas, você terá que partir para um planejamento detalhado de seu plano de negócios, juntamente com o orçamento geral.

Neste planejamento você deve levar em conta tudo que deverá ser providenciado para você tornar sua empresa em uma franquia, assim como as taxas envolvidas, como, a taxa de franquia, royalties, sistema, propaganda, serviço, renovação, entre outras.

Além disso você terá que pensar como franqueador e franqueado, tendo ciência de tudo aquilo que precisará disponibilizar para ser repassado ao franqueado no momento do negócio e deixá-lo ciente dos processos que terá de enfrentar.

E claro, como há de se esperar, ter uma expectativa aproximada do prazo de retorno do investimento inicial do franqueado como meta.

3 - Potencial de demanda

Pode parecer óbvio esta parte, pois se você decidiu tornar sua empresa em uma franquia, certamente já deve ter imaginado sua marca e seus produtos em processo de expansão para cada vez mais clientes consumirem.

Mas para ter certeza, vamos planejar esta parte mais precisa e detalhada.

É imprescindível que sua marca esteja a todo vapor, ou seja, recebendo mais e mais clientes, de forma que necessite expandir seus negócios com novas unidades para suprir a demanda. Não vai querer expandir seus negócios se este estiver com baixos lucros e pouca demanda, as consequências de um erro assim, seriam enormes.

Além disso, sua marca precisa ter potencial para a criação de novos produtos, para sempre manter novidades aos consumidores. Ou seja, sua empresa precisa ser atrativa aos seus clientes e ter a real necessidade de expansão.

4 - Plano de expansão

Esta parte é sem dúvida uma das mais importantes, pois definirá o sucesso da sua franquia no futuro.

Muitas questões estarão envolvidas, como local onde será localizadas as unidades, sobre diferentes cidades e regiões em potencial. É imprescindível que o local escolhido deverá ser aquele que mais se concentra seus clientes em potencial, pois o sucesso da sua expansão depende do crescimento da rede.

Como é o início, as primeiras unidades deverão servir como cartão de visitas para expandir sua clientela e atrair novos investidores.

Além disso você tem que ter em seu planejamento um estudo sobre o local, seja pelo perfil dos clientes na região que planeja instalar sua unidade, o clima, entre outros fatores. Um exemplo de erro sem planejamento neste caso seria montar uma nova unidade, quando sua marca é uma sorveteria em uma região bastante chuvosa e fria. Neste caso, o clima é o fator determinante para uma baixa no consumo de seus produtos.

5 - Know How

Do termo em inglês “saber como” ou “saber fazer”. Refere-se ao conjunto de conhecimentos técnicos e práticos (fórmulas, tecnologias, técnicas, procedimentos, etc.) referentes à determinada atividade. No caso das franquias, é todo o conhecimento e bagagem que você, franqueador, deverá passar para o franqueado. 

Ou seja, como dono de seu negócio que enfrentou desafios desde o início e que hoje detém de uma experiência vasta sobre acertos e erros, que lhe possibilitou transformar sua marca em uma potencial franquia, trará todos os meios e conhecimentos necessários para seu franqueado, também obter sucesso sobre suas novas unidades.

6 - Elaborando os contratos

Uma vez que as questões jurídicas estão embutidas no seu planejamento de expansão, você precisará contratar um advogado para cuidar dessa parte por você.

Um dos principais documentos é a Circular de Oferta de Franquia (COF), que engloba a maioria dos assuntos apontados acima como, situação legal da marca, financeira da empresa, investimentos a serem feitos pelo franqueado, pagamento de taxas e afins.

Converse com seu advogado e tenha em mente todos os critérios que deseja em sua relação com seus franqueados e faça com que todos estejam presentes no contrato.

7 - Escolhendo seu franqueado

Só falta mais um passo para você enfim vender sua franquia e este é escolher o perfil do seu franqueado. 

O que você espera de seu franqueado? Quais serão suas exigências a ele?

Um dos maiores erros dos donos de negócios que querem vender sua franquia é escolher os franqueados com maior investimento a ser oferecido, mesmo que o mesmo não possua conhecimento de gestão. O que é um erro extremamente delicado.

Um franqueado assim como você, deve ter conhecimento de gestão e ser um líder, pronto para enfrentar os problemas que podem vir a ocorrer e encontrar soluções, que esteja disposto a “dar a cara tapa”.

Claro que ter dinheiro para investir é importante, mas todo orçamento disponibilizado não dura por muito tempo se o profissional não for capacitado e não souber administrar o dinheiro da maneira correta.

Por isso faça uma lista, com suas exigências de que tipo de profissional gostaria que administrasse sua nova unidade e certifique-se que ele é capaz de ajudar no desenvolvimento da sua marca.

8 - Vendendo a franquia

Assim como na faculdade que você se prepara antes de pôr a mão na massa e no final do curso apresenta o tcc (Trabalho de Conclusão do Curso), aqui não seria diferente. Depois de todas as tarefas anteriores criadas, você terá em mãos todas todo o planejamento e informações necessárias para apresentar seu plano de expansão de franquia para seu franqueado, que conforme dito anteriormente, também foi cuidadosamente selecionado.

Mostre porque ele deveria investir na sua franquia, percentual de ganho, o quanto ele terá que investir, em quanto tempo virá o retorno, quais os assuntos burocráticos que terá que lidar, em que você o auxiliará, etc. Chegou a hora de juntar tudo aquilo que você veio se preparando e apresentar seu “tcc” com maestria sobre o assunto.

 E lembre-se, o mercado de franquias assim como todos os outros que vem fazendo muito sucesso, é competitivo, por isso invista na cereja do bolo e apresente sua proposta irresistível para os novos empreendedores.

 

Caso tenha ficado alguma dúvida e precise de auxílio para montar sua franquia, nós podemos te ajudar!

EconoInvest Franchising, uma Holding de Franquias especializada na formatação, expansão e gestão de negócios no modelo de franquias. Invista seu dinheiro da maneira certa.

Atenciosamente.
EconoInvest Franchising.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

O que você procura?

Posts por Categoria

Fique por dentro do Mundo dos Negócios

Se inscreva em nossa newsletter para receber notícias, dicas e artigos para você melhorar seus resultados.