Qual a Diferença Entre Filial e Franquia?

No momento de expandir seu negócio, podem surgir diversas dúvidas sobre como prosseguir. Se a demanda pelos seus produtos/serviços são altas, a chance de expansão são grandes. Mas neste caso, qual o melhor caminho a seguir? Devo tornar minha empresa uma franquia ou uma filial? E mais importante, qual a diferença entre elas?

Embora tenham termos muito similares, possuem características distintas e objetivos diferentes também. Entenda o que cada uma representa e escolha a melhor opção para a expansão seu negócio.

O que é uma franquia?

Para você ter ciência do que irá vingar para seu negócio, vamos aos esclarecimentos.

Franquia, uma modalidade de negócio focada na expansão de uma marca, empresa ou modelo de negócio, onde um empresário compra uma licença para utilizar os direitos da marca franqueada, sendo eles, sua marca, produto e serviços. Além disso, a franqueadora deverá ter todo o plano Know-How, para trazer todo o conhecimento necessário sobre as diretrizes da marca ao franqueado.

Caso você não saiba o que é um Know-How, temos um post falando sobre isso “ Post de exemplo”. Clique aqui para ver.

O que é uma filial?

Mesmo possuindo gestores próprios, ela responde diretamente a uma matriz, ou seja, não tem outros empresários tendo posse dos direitos da marca, pelo contrário, é uma expansão da marca feita pela própria empresa. Além disso, suas movimentações financeiras desrespeitam prioritariamente a sede matriz.

O que precisa para se montar uma delas?

No caso da Franquia, legalmente você precisa da Circular de Oferta de Franquia, documento desenvolvido pelo franqueador, que apresenta todas a condições gerais do negócio. Encontrará também uma minuta do Contrato de Franquia na COF onde assinará caso conclua as negociações.

Agora, como modelo de negócios, você precisará ter em mãos, diversos passos e estudos, como a plena certeza de que seu negócio tem a estrutura e demanda necessária para sua amplificação. Se mantém pleno conhecimento de seus negócios para aplicá-lo no sistema Know-How. E se já possui um plano de negócio extremamente detalhado e arquitetado.

Em um dos nossos posts franchising mostramos como descobrir se sua empresa tem o potencial necessário para se tornar uma franquia e ensinamos como montá-la.
Para acessar este material, CLIQUE AQUI.

No caso da Filial, legalmente você precisará de uma série de documentos legais, que devem ser protocolados na Junta Comercial em conformidade com a lei 9.934/94 e pelo Decreto 1.800/96. Aconselhamos que você busque por ajuda profissional para não errar na hora de montar sua filial.

Quais as diferenças entre elas?

Localização

No caso das franquias, a localização é decidida pelo empresário que adquiriu a licença para os direitos da marca, ou seja, o franqueado. Já nas filiais, é a matriz que escolhe o local onde será implementada a nova unidade, sempre levando como base pesquisas de mercado e vantagens logísticas. Claro que essas questões devem ser apontadas para ambos os lados quando o assunto é abrir uma nova unidade, porém na franquia, a liberdade de escolha é maior por parte do franqueado e ele não precisa se submeter as escolhas da franqueadora por exemplo, como no caso das matrizes de filiais.

Investimento

Aqui já é nítido a diferença entre elas, sendo na filial, as despesas sendo custeadas totalmente pela matriz. Já nas franquias, os custos e investimentos são responsabilidade do franqueado, que além de cuidar das despesas, deve pagar uma taxa de franquia para o franqueador, assim o franqueador tem mais tranquilidade financeira e correm menores riscos.

Lucros e Rentabilidade

Aqui também encontra-se uma diferença em ambos os casos, nas filiais, assim como sua matriz deve cuidar das despesas, ela também é a responsável por receber os lucros e rendimentos revertidos. Já nas franquias, os lucros vão para o franqueado, com exceção dos royalties, que são estipulados no momento do contrato de licença da marca e devem ser pagos a franqueadora.

Qual a melhor opção para o seu negócio?

Ambas opções são ótimas, portanto o que fará diferença será a escolha estratégica que utilizará de acordo com seu objetivo financeiro. Em uma franquia, é possível lucrar sem grandes riscos pois com um planejamento adequado, você auxilia seu franqueado para o caminho do sucesso e pode lucrar com os royalties. Agora em uma filial, você como dono da matriz, será responsável por todas as situações, sendo elas, boas ou ruins, desde o planejamento, tomada de decisões, responsabilidade e claro, os lucros também.

Então fica a sua disposição decidir quais das duas opções melhor se encaixa às suas preferências de gestão.

E caso queira expandir seu negócio, não hesite em pedir nossa ajuda. Para isso temos nossa holding especializada em franchising.
Para mais informações acesse nossa página

Atenciosamente

EconoInvest Franchising

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

O que você procura?

Posts por Categoria

Fique por dentro do Mundo dos Negócios

Se inscreva em nossa newsletter para receber notícias, dicas e artigos para você melhorar seus resultados.

Qual Seu Perfil de Investidor?

Para se investir bem, diversas questões devem ser postas sobre a mesa. Sendo elas tempo, estratégia, conhecimento e demais assuntos, pois não basta ter em

Leia mais »